Flacidez de pele.

10 abr
Flacidez de pele.

como_diminuir_flacidez_barriga1Muitas são as tentativas para mantermos um corpo e uma pele saudável, firme e sem flacidez. O desafio fica ainda maior para as gestantes e mamães de todas as idades pois a pele das mamas e do abdome serão ou foram “esticadas” em algum momento.

Assim como a gestação, grandes variações de peso também podem causar um estresse grande à pele podendo levá-la ao limite ou mesmo ultrapassando sua capacidade de expansão e retração. Quando isso acontece ocorre a flacidez e frequentemente aparecem as estrias.

O que determina essa capacidade? Cada pele tem um código genético próprio que programa a quantidade de fibras colágenas e elásticas que serão fabricadas para ela, “pré-determinando” portanto sua capacidade de “esticar” e também de retrair. Nessa programação infelizmente não podemos interferir.

Então, o que fazer e como podemos evitar as indesejadas estrias e a flacidez? Uma genética favorável não garante uma pele firme e sem estrias após a gravidez se os hábitos de vida não forem favoráveis. E esses hábitos começam a fazer diferença quando ainda somos crianças.

E hoje? O que fazer? Nunca é tarde para cuidar da sua pele.

1- Alimente-se bem: fujam de regimes pré-fabricados principalmente as gestantes, ele pode não funcionar com você. Vá a um nutricionista, só ele pode dizer a SUA melhor combinação de nutrientes.

2-  Hidrate-se bem. A fibra elástica da sua pele irá agradecer com uma melhor eficácia na hora de retrair.

3- Evite sol em demasia, ele desidrata e resseca a pele.

4- A vitamina C é um coadjuvante na produção do colágeno no nosso corpo por isso inclua na sua dieta diariamente.

5- Exercite-se sempre. Uma musculatura bem desenvolvida proporciona maior firmeza a pele e com isso menor chance de uma flacidez precoce.

6- E usem muito hidratante e óleos na pele pelo menos duas vezes ao dia. O mais importante porém é não desanimar e fazer isso SEMPRE.

Assim como tudo na vida o cuidado diário é fundamental para um resultado satisfatório e duradouro.

Escrito por: Dr. Marcelo Lins – Cirurgião Plástico

Contato@marcelolins.com.br

02 abr
CONVERSANDO SOBRE A FRUSTRAÇÃO.

img_1_34_714

É difícil para os pais verem os filhos em situações difíceis, que exigem escolhas difíceis e muitas vezes o movimento deles é o de se antecipar aos pequenos como forma de ajudá-los. Mas protegê-los de vivenciar esses riscos, essas dificuldades, pode não ser legal, porque pode aumentar as chances de as fragilidades ficarem em evidência diante dos desafios e limita o repertório das crianças de se posicionarem frente a uma dificuldade, já que, por ter sempre alguém fazendo por elas, acabam não tendo vivências que as ajudem a reconhecer suas capacidades.

Esse movimento de antecipar-se a elas e de querer fazer tudo por elas é muito comum e totalmente compreensível, afinal, é de cortar o coração do papai e da mamãe ver o filho triste porque não conseguiu realizar o que queria ou porque não pode ter o que tanto pediu.

A intenção é sempre a de vê-los felizes! Mas vamos pensar um pouco sobre o quanto isso é essencial e rico na vida das crianças? Frustrar-se faz parte, é necessário e importante para a vivência dos pequenos. A frustração ensina, faz crescer, fortalece, ajuda a enfrentar os desafios e gera MUITOS aprendizados. À medida que vamos conseguindo oferecer esse limite de uma forma adequada e saudável, ou seja, à medida que damos espaço para que a criança viva a frustração, ela vai se organizando, entendendo o funcionamento das coisas e das relações e tende a ficar mais fácil aceitar as perdas e os fracassos (que fazem parte da vida!), quando eles acontecerem, porque a frustração deixa de ser um momento de tanto sofrimento e passa a ser entendida como parte do processo.

Precisamos reconhecer que as crianças necessitam da nossa ajuda para aprender sobre a vida e ter um desenvolvimento saudável e que a nossa atitude tem grande influência na forma como elas vão lidar com os desafios na vida adulta. Sendo assim, é importante que possamos acolher suas dificuldades e sentimentos de raiva e tristeza SEM, no entanto, TENTAR ELIMINÁ-LO. Mas “como assim?”, vocês me perguntam.

Diante de uma reação chateada por parte do pequeno frente a um limite que lhe foi dado ou a algo que ele não conseguiu fazer, experimentem TROCAR O “Filho, não fique triste, você já tem tantos brinquedos/outro dia o papai compra” POR “Filho, eu entendo que você está muito triste porque o papai não vai comprar o brinquedo que você queria. Eu também ficava assim quando não ganhava os meus. Vou esperar você se acalmar para conversarmos, porque assim a gente não vai conseguir ter uma conversa boa”; ou O “Filho, não fique chateado, fulano também não conseguiu/fulano já está treinando faz tempo” POR “Filho, eu estou vendo que você está com muita raiva porque não conseguiu fazer o que queria. Eu também fico chateada quando não consigo fazer alguma coisa que quero muito. Mas você pode tentar outras vezes, treinar mais e uma hora você vai conseguir. Vamos ver se tem outro jeito de fazer isso?”. A ideia é reconhecer e validar os sentimentos das crianças (porque eles são reais!).

Carinhooantidotodasbirras

Dessa forma, ajudaremos os pequenos a descobrirem suas habilidades para lidar com situações difíceis e a reconhecerem as ferramentas que têm e que podem ser “acessadas” nesses momentos. Além de ajudá-los a aceitar a frustração como um sentimento que faz parte, estimular a coragem, evitar comparações com outras crianças (cada uma delas é única, lembram?) e oferecer um elogio após uma atitude ou algo legal que aconteceu é super relevante para que a criança vá construindo sua autoconfiança e acredite que é capaz, que dá conta do que vier. Além disso, dar espaço e abertura para o diálogo, ajudando a reconhecer e entender seus sentimentos, bem como pensar juntos em possibilidades e alternativas também pode ajudar a criança a desenvolver uma segurança diante de suas capacidades.

Ajudar os pequenos a lidar com a frustração é abrir espaço para que eles desenvolvam a criatividade, aprendam a pensar em formas de vencer os obstáculos e a seguir em frente mesmo que eles existam, aprendam sobre a vida, construam uma grande experiência de vida acerca da autoconfiança e, consequentemente, cuidem da autoestima. Então, papais e mamães, vamos conversar com o nosso coração e deixá-lo tranquilo quando isso acontecer, porque de mãozinhas dadas com a frustração tem sempre um pacotão cheio de grandes aprendizados!

Marina Férrer é psicóloga integrante do Núcleo Criad (@nucleocriad).

28 mar
Circo Florilégio com Ingressos à venda no Recife.

circo

Com milhares de fãs na Europa, companhia traz para o País apresentação inédita, com conceito moderno em espetáculo interpretado por 30 artistas de 15 nacionalidades

Inédito na América Latina, o respeitado Circo Italiano Florilegio, fundado há 74 anos, já está com a lona armada no Recife para estreia, dia 27 de março, de uma temporada de dois meses na cidade. O local escolhido foi a Av. Boa Viagem, no terreno próximo ao Hospital da Aeronáutica. A capital  marca o início de uma turnê de nove meses que passará por seis cidades do Nordeste e promete divertir mais de 640 mil crianças e adultos. O Spettacolo Florilegio irá contar a história da tradicional Família Togni, que se dedica ao mundo circense há cinco gerações. “Florilegio”, em italiano, quer dizer “antologia”.

Trinta artistas de 15 nacionalidades – entre coreógrafo, bailarinos, acrobatas, trapezistas, globistas, funambulistas e ilusionista – mostrarão o amor ao circo numa estrutura supermoderna, tudo com muita ironia e comicidade, resgatando as origens da tragicomédia italiana. É a primeira vez que um circo itinerante terá um palco giratório de 360o em três níveis, capaz de afundar e levantar e com direito a saídas automatizadas que lançarão jatos de água coloridos e línguas de fogo.

Serviço

Circo Florilegio – Spettacolo Florilegio

Temporada no Recife (abertura da turnê América Latina)

Estreia ao público: 27 de março

Av. Boa Viagem, no terreno próximo ao Hospital da Aeronáutica

Horários:

Terças, quartas e quintas – 20h30

Sextas e sábados – 16h30 e 20h30

Domingos – 15h, 18h e 20h30

Preços:

1ª classe: R$ 100 (sem meia-entrada)

2ª classe: R$ 80 e R$ 40 (meia-entrada)

3ª classe: R$ 50 e R$ 25 (meia-entrada)

4ª classe: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

Locais de venda:

Stand Florilegio no Shopping Recife, próximo ao Hiper

www.ingresso.com

No local

18 mar
Sexo após o parto.

como-deixar-um-homem-louco-na-cama

Pensar em sexo no pós-parto chega a dar arrepios em muitas mulheres. Mas não aquele arrepio gostoso. De horror mesmo! Muitas puérperas querem distância de seus companheiros nesta fase e a última coisa que elas querem pensar em fazer nesta etapa de suas vidas é sexo!

A grande maioria das mães, principalmente as de primeira viagem, estão enlouquecidas e atrapalhadas com os cuidados com o bebê, exaustas, as vezes com dor devido a uma episiotomia ou cesariana, algumas mulheres infelizmente traumatizadas pelo parto que tiveram, com os hormônios todos desregulados, cheirando a leite azedo, assustadas com uma série de novidades, se sentindo estranha, gorda e feia. Aí, como quem não quer nada, chega o seu companheiro, cheio de amor pra dar, todo entusiasmado, querendo chamego e carinho. Fala a verdade, não dá vontade de sumir ou  sair correndo?

O sexo está liberado normalmente 40 dias após o parto. E quando eu falo sexo, entenda penetração, porque sexo pode ser feito de muitas outras maneiras, caso o casal se entusiasme antes do final da quarentena.

O que deixa muitas vezes o marido chateado, rejeitado, se sentindo trocado pelo bebê ou até mesmo sem entender o que está acontecendo é que a mulher precisa estar bem psicologicamente para transar, ao contrário dos homens, que precisam transar pra ficar bem! Sem dúvida, essa fase pós-parto pode ser muito confusa na vida do casal, mas passa! E a palavra chave neste momento é: DIÁLOGO! Converse com seu companheiro e faça ele entender o que passa com você neste momento. Um precisa saber se colocar no lugar do outro para compreender profundamente o que cada um está sentindo. Desta maneira e com muita paciência é possível voltar aos poucos à vida a dois, sem ressentimentos e mágoas.

Crie momentos românticos e entregue-se! Livre-se das preocupações e dos pensamentos que muitas vezes impendem que você se jogue com tudo nos braços do maridão como: estou uma bola, com cara de acabada, cheia de celulite, jorrando leite do peito! E se o bebê chorar? Paro tudo ou finjo que não estou escutando? RELAXA E APROVEITE!

Agora aproveitem hoje a noite para tomar um belo banho, passa um creme bem cheiroso no corpo, colocar uma camisola sexy e deixa o resto com ele!

 

image001

17 mar
Bioimpedância – Vulgo “Maledita”

Olá mamães!!

Hoje venho falar um pouco sobre a nova consulta de Tia Mari comigo, depois de alguns meses.

Como vocês acompanharam no ano passado, ela iniciou um acompanhamento, que deu super certo, em um mês os resultados foram incríveis! Mas, assim como algumas pessoas costumam achar, ela pensou que estava tudo sob controle e podia abandonar a nutri! E foi aí que ela errou feio! O acompanhamento para manutenção dos resultados muitas vezes é até mais importante do que para o emagrecimento. Com isso, ela recuperou todo o peso perdido e pela nossa avaliação, está até com mais gordura do que quando iniciamos ano passado. :/

E falando em “nossa avaliação”, a pedidos de Tia Mari, vou explicar um pouco sobre a máquina de Bioimpedância, vulgo “Maledita” (rss).

foto

A Bioimpedância é um método de avaliação da composição corporal, através de uma corrente elétrica de baixa intensidade (imperceptível), que nos diz: peso, percentual de gordura, índice de gordura visceral, percentual de água, massa muscular, idade metabólica, além de outros índices, que servem de parâmetros para o nosso acompanhamento.

No caso de tia Mari, como ela voltou a estaca zero , reiniciamos, a partir da nova avaliação, uma reeducação alimentar, com dieta fracionada, variada e principalmente prática, devido a correria do seu dia-dia, além de alguns suplementos para a saúde do intestino, para a pele e o chocolate terapêutico para segurar a ansiedade por doces.

Bom, agora nos resta acompanhar e esperar mais uma vez o sucesso de Tia Mari, que dessa vez será mantido porque ela aprendeu a lição.

foto

Beijos!

Tamyris Farias IG: @tamyrisfariasnutri

11 mar
Escurecimento do dente após trauma.

É comum os dentinhos que sofreram trauma escurecerem, especialmente nos casos de luxação, ficando meio cinza, roxo ou amarelo-amarronzado. Isso porque ocorreu uma hemorragia pulpar (rompimento dos vasos sanguíneos presentes no interior da raiz do dente), que deve ser acompanhada clinicamente e radiograficamente pelo odontopediatra, pois pode progredir para uma necrose pulpar, o que necessitaria de um tratamento mais invasivo.

Sem título

Escurecimento do dente de leite após trauma

Se for dente permanente, os traumas mais prevalentes são fraturas na coroa do incisivo superior. Nesses casos, se puderem, guardem o fragmento dental em solução de soro fisiológico, saliva ou leite, pois a restauração fica mais estética quando podemos usá-lo.

Sem título

Fratura na coroa do incisivo superior permanente e restauração do elemento com colagem do fragmento dental.

Em dentes permanentes jovens, pode ocorrer também a avulsão. Na dentição de leite, se o dente é avulsionado (expulso do alvéolo), ele não deve ser colocado de volta no lugar porque pode lesionar o germe do dente permanente, mas com o dente permanente pode-se tentar o reimplante. Esse procedimento deve ser feito o mais rápido possível. A literatura afirma que se o responsável puder, deve fazer no local mesmo do acidente, após cuidados mínimos de higiene (lavagem em água corrente) e sem tocar na raiz. Para manter o dente na posição, deve-se fazer pressão com o dedo ou ir mordendo uma gaze até chegar ao dentista.

Mas se encontrar alguma resistência quando tentar colocar o dente de volta ou não se achar hábil para tal procedimento, não insista e leve o dente para o odontopediatra dentro de um copo com saliva, soro fisiológico ou leite. Se a criança for maiorzinha, pode pedir pra ela ir com o dente dentro da boca, embaixo da língua.

É importante que o tempo decorrido entre o acidente e o reimplante não exceda 30 minutos. O tempo é um dos principais fatores para o reimplante ter ou não sucesso.

Resumindo, em casos de avulsão:

Sem título

As raízes dos dentes, tanto de leite, como permanentes, também podem ser afetadas. As fraturas radiculares só podem ser observadas através das radiografias tiradas no consultório pelo odontopediatra e o sucesso do tratamento também depende do diagnóstico precoce, ou seja, quanto mais cedo o problema for percebido.

Sem título

Fraturas radiculares visíveis na radiografia.

Por todas essas razões, a qualquer sinal de queda afetando a boca, procurem o odontopediatra do seu filho. A realização da radiografia da região é muito importante para fechar o diagnóstico e estabelecer o tratamento adequado, assim como para o acompanhamento do trauma, que deve ser feito até o momenta erupção (nascimento) do dente sucessor, no caso de dentes de leite. Em casos de dente permanentes, esse acompanhamento pode durar até 5 anos, dependendo do tipo de trauma sofrido.

Qualquer dúvida.. estou a disposição!!

IG: @maira2312      E-mail: maira@spaoral.net

Tags:   
10 mar
Preparando o quartinho do bebê.

Um dos momentos mais esperados por uma mãe é a descoberta do sexo do bebê e assim   começar a decoração do tão sonhado quarto.

Não foi diferente com a mamãe Andréia, que procurou nossa arquiteta Mariana para juntas começarem a sonhar com o quarto do pequeno Lucas. A intenção era transformar o antigo escritório da casa no quartinho do príncipe.

C02_5368 BAIXA
Todo o quarto foi revestido no papel de parede em arabesco azul e branco que, por ter tons mais clarinhos, não ficou nada cansativo.

C02_5423 BAIXA

Sobre o painel que emoldura o berço e vai até a cômoda, ele é revestido em um papel de parede de palha (pena que não da pra ver nas fotos). Além disso, colocaram a iluminação em led por trás para ficar sempre com uma luz indireta no quartinho.

C02_5435 BAIXA

C02_5421 BAIXA

Tiveram que camuflar dois elementos que já eram existentes nesse quarto. O primeiro é um acesso direto entre o antigo escritório (atual quarto de bebê) para a suíte do casal e pra isso, utilizamos o papel de parede azul. O segundo item, era uma caixa em mdf branca que serve para embutir um frigobar da suite do casal e fazia um grande volume para dentro do quartinho de bebê. Então, decidiram fazer um armário “fake” onde foi confeccionada uma caixaria com frentes simulando gavetas e assim, fizemos dele o móvel da televisão.

C02_5412 BAIXA

Sobre a cortina, optaram por utilizar um linho branco para a cortina estilo romana. Por trás dela, colocaram uma cortina tipo rolor para blackout e ficam embutidas atrás do painel.

C02_5405 BAIXA

Sobre o painel, esse foi feito em mdf e recebeu pintura em laca fosca, dando destaque para frisos bem fininhos distribuidos de forma irregular ao longo da peça. Ainda sobre o painel, aproveitaram as laterais e aplicaram nichos iluminados, para destacar os objetos de decoração que foram escolhidos a dedo.

C02_5390 BAIXA

Para arrematar, fizeram um balanço em acrílico, proporcionando leveza e permeabilidade ao longo de todo o ambiente.

C02_5440 BAIXA

Os detalhes sempre fazem a diferença.

C02_5445 BAIXA

Olha a delicadeza do banheiro.

C02_5460 BAIXA

C02_5448 BAIXA

Ficou lindo né? Se quiserem mais informações sobre a decoração ou conhecer um pouco mais da nossa querida arquiteta Mariana Carvalho não deixem de acompanhar o IG @marianagcl ou entrem em contato pelo: contato@marianacarvalho.arq.br

Não esqueçam de curtir e convidar as amigas mamães para se inspirarem com essa lindeza.

Beijos! 🙂

Tia Mari.

27 fev
Fantasias para os pequenos foliões.

foto (1)

E quem ama o carnaval levanta a mão… eu simplesmente sou apaixonada e confesso que depois do #trololodemel o carnaval ficou com um sabor diferente (mágico!).

Uma mãe como eu, que adora inventar não poderia deixar de mostrar aqui algumas ideias de fantasias para fazer em casa e transformar o look do pequeno folião, em algo mais divertido e original.

Caracol feito com papel rolo.

IMG_8905

IMG_8904

Esse fantasma feito com toalha ficou uma graça.

IMG_8907

Asas de pássaros  feito com retalhos de tecidos.

IMG_8911 IMG_8908

Princesas feitas com papel colorido.

IMG_8903

Asa de anjo feita com armação de arame e tecido.

IMG_8909

Frida linda. Camisa customizada e arranjo na cabeça.

foto

Essa ficou muito legal. O peso foi feito com bexiga.

foto (3)

Esse palhaço ficou fantástico. Macacão colorido e acessórios feito com papel.

IMG_8912

Essas ideias achei em um site chamado Amazingid e fiquei encantada. E vocês gostaram? Então não deixem de curtir e compartilhar com as amigas mamães.

Beijos e bom carnaval.

Tia Mari 🙂

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

25 fev
Receitinha da turma: Salada 7 grãos adocicada.

Essa salada é super prática, fácil de fazer e deliciosa. Uma ótima opção para fazer e deixar na geladeira e comer com esse calorzão!!!

Salada 7 grãos adocicada

1 ½ xícara de arroz integral 7 grãos

½ peito de frango desfiado

1 cebola roxa bem picadinha

2 colheres (sopa) de salsinha picada

½ xícara de amêndoas (sem sal) picadas grosseiramente (cortei em 2)

10 damascos picados

Dicas de temperos (a gosto): sal, vinagre balsâmico e azeite de oliva extra virgem

Modo de Preparo:

Cozinhar o arroz em 3 xícaras de água (não precisa colocar tempero ou sal), verificar o tempo porque não queremos que fique mole, é para ficar tudo mais firminho para a salada ficar mais crocante.

Deixar esfriar.

Cozinhar o peito de frango somente em água e desfiar depois de frio.

Misturar o arroz, frango, cebola, salsinha, amêndoas e damasco em uma travessa grande e deixar na geladeira até a hora de servir e temperar a gosto!!!

Olha só que delicia!

foto

A #receitinhadaturma foi uma dica da nossa parceira Raquel do blog Tipsquinha

Não deixem de acompanhar!

Beijos Tia Mari 🙂

 

22 fev
Porto é refúgio para as famílias no Carnaval.

WEB-Hotel-Armação-46-2

Que Pernambuco tem o maior Carnaval de rua do mundo, e alguma das mais vibrantes manifestações de cultura popular, isso é incontestável. Mas vale lembrar que o Estado conta também com os melhores refúgios para quem, nessa época do ano, quer fugir do agito e curtir um merecido descanso em família. Uma das mais procuradas pelos casais com e sem filhos é o balneário de Porto de Galinhas, verdadeiro paraíso natural no Litoral Sul do estado. Por isso, os hotéis da região oferecem boas programações com direito a sossego e, ao mesmo tempo, muita diversão para a criançada.

Um dos mais tradicionais hotéis, com 23 anos de atividade, o Armação de Porto de Galinhas já fechou sua programação para o feriadão. O destaque são as opções de recreação e animação noturna todos os dias, que vão proporcionar o máximo de diversão e entretenimento para crianças de todas as idades. E, enquanto os recreadores fazem diversas atividades, os pais poderão aproveitar sem preocupação o sol, as cinco piscinas, os drinks regionais e as apresentações de música ao vivo selecionadas para o Carnaval.

Recreador

hotel armacao 10 piscina

Além disso, haverá feijoada na segunda-feira de Carnaval (3/3) e camisetas personalizadas para entrar no clima da folia. E o melhor: duas crianças com até 10 anos acompanhadas por adultos pagantes e acomodadas no mesmo apartamento não pagam hospedagem.

WEB-Armacao_Vlubambo_IMG_1902_alta

Para os passeios pelas praias da região, os hóspedes contam ainda com serviço terceirizado de aulas de mergulho e batismo nas Piscinas Naturais, fotógrafo, aluguel de buggy, carros, caiaque e passeios por toda a praia de Porto de Galinhas e arredores. Para obter informações sobre reserva, envie e-mail para: contato@hotelarmacao.com.br

#publipost