03 ago
Atividades do dia a dia. Estimulando o seu filho.

Quem nunca se perguntou qual a idade que a criança deve estar fazendo o quê?

Aqui em casa também foi assim e hoje Davi com 5 anos já tivemos grandes ganhos na sua independência.

Organizar seu quarto foi nosso primeiro passo e sempre que ele brinca, separar e guardar os brinquedos após as brincadeiras já é rotina.

Tirar a roupa suja e colocar no cesto, guardar os sapatos, colocar os DVDs no local correto sempre foram atitudes do dia a dia que ele faz sem nem eu pedir.

Hoje a nova moda é tomar banho sozinho e ver a alegria dele ao realizar as ações é muito legal.

Escovar os dentes já é algo que ele faz desde pequeno, mas sempre com a supervisão da mamãe aqui após a escovada dele.

O importante é saber que a independência acontece aos poucos e o melhor momento de estimular nossos filhos é nas atividades do dia a dia.

Fiz um vídeo do pequeno tomando banho sozinho e aproveitando também o projeto da turma da escola que é sobre a água, que também é uma coisa nova que estamos trabalhando aqui em casa e que na verdade ele nos ensina bem mais e nos cobra também.

Para gravar o Video reclamou muito comigo porque não desliguei o chuveiro, assim como ele reclama se escovarmos os dentes de torneira aberta.

E por aí Mamães, quais as atividades que estimulam a independência dos pequenos de vocês?

* Não deixem de se inscrever no nosso canal, curtir nossos vídeos e deixar sua sugestão para o nosso veda de agosto (vídeo diário no canal).

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
01 ago
Gravida sensível.

Sempre tem aquele dia em que você acorda um pouco mais pra baixo ou que você se magoa mais facilmente né? Ontem foi um dia desses.

Repensei muito sobre muitas coisas e acho que o meu momento (gestação) me deixou um pouco mais sensível com tudo, mas o que importa mesmo é que meu desabafo em forma de video me ajudou muito a colocar tudo pra fora que naquele momento me fazia mal e confesso que depois tive um sentimento de alivio imenso.

É sempre bom e gratificante receber a chuva de carinho sem tamanho de todas vocês, saber que se identificam com o meu jeito, que me admiram, que me respeitam e que conseguem enxergar sinceridade no que faço.

Erramos ao esperar muito das pessoas que não tem nada para oferecer e quando aprendermos a lidar com isso tudo percebemos que devemos atrair só coisas boas e esquecer as ruins.

Por isso, valorize e dê importância ao que realmente tem valor e merece sua atenção, sua família que é seu bem mais precioso e seus verdadeiros amigos.

” Aprendi, que não posso exigir muito das pessoas e nem tampouco esperar nada em troca do bem que eu fizer, porque cada um oferece exatamente aquilo que tem…

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
30 jul
Bebê mexendo na barriga da mamãe. Baby Caio, meu calombinho do amor a todo vapor.

E quando você pensa que em pouco tempo o seu bebê mais que sonhado estará em seus braços?

O coração bate acelerado, os medos começam a surgir e até a saudade da barriga que ainda não saiu você começa a sentir. Sentimentos que todas as mães compartilham.

Sentir o bebê mexer é algo inexplicável, é um momento só seu e dele, literalmente uma troca de carinho e um alivio ao saber que esta tudo bem lá dentro.

Estamos na semana 35 e muita coisa aconteceu. Nossa contagem regressiva agora esta a todo vapor, teoricamente temos 5 semanas ainda, mas que seja como Deus planejou para nós dois.

Te amo infinito, filho! E te espero ansiosa.

Beijos Mamãe.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
29 jul
Como identificar alterações auditivas em escolares.

A surdez, caracterizada pela perda total ou parcial da capacidade de ouvir, manifesta-se com diferentes graus, desde perdas auditivas mais leves até surdez profunda, podendo ocorrer em um ou nos dois ouvidos.

A rubéola gestacional e outras infecções pré-natais são as causas principais de surdez de grau severo ou profundo. Nos casos de deficiência auditiva leve e moderada, a otite média de repetição é a causa mais frequente na infância. Estes graus, leve e moderado, são difíceis de serem detectados, pois passam despercebidos pelos pais e professores.

O problema interfere no desempenho escolar, na capacidade de aprendizagem, no desenvolvimento da fala destas crianças e nas dificuldades de relacionamento. Não sendo capazes de ouvir com clareza, muitos perdem o interesse pela escola e se deprimem facilmente. A dificuldade em ouvir faz com que o aluno, apesar de atento ao que a professora explica, não aprenda o que está sendo ensinado à turma.

Para evitar que isso aconteça, é preciso que pais e professores fiquem atentos àquelas crianças que normalmente se distraem, apresentam dificuldade para conversar, problemas de comportamento ou sentem dores de ouvido com frequência. A sala de aula sempre foi e continua sendo um dos melhores ambientes para identificar problemas auditivos. Por isso, os professores têm um papel fundamental nesse diagnóstico. A prevenção de problemas auditivos em escolares pode ser realizada através de triagens, orientações e encaminhamentos adequados. A triagem na escola continua sendo a forma de identificar alunos com possíveis alterações auditivas. Um programa de detecção precoce de triagem auditiva em crianças na pré-escola e na alfabetização visa prevenir dificuldades na aquisição da fala e no desenvolvimento da linguagem, já que ambos estão diretamente ligados à audição.

Muitas vezes, através da triagem, detectam-se crianças com corpos estranhos dentro do ouvido. Isso é muito comum! Objetos como miçangas, grãos de arroz, peças pequenas de brinquedos, entre outros, que obstruem o canal auditivo dos alunos. O problema é resolvido com uma simples limpeza para retirar estes objetos do ouvido.

Se houver uma suspeita de alteração auditiva, o professor deve tomar algumas medidas para tentar solucionar ou diminuir o problema da criança, como:

– sentar a criança em lugar mais adequado (de preferência na frente);

– falar com o aluno de forma natural, sem gritar e sem sussurrar;

– encaminhá-lo ao otorrinolaringologista e ao fonoaudiólogo para que sejam tomadas todas as providências para um tratamento adequado;

– dar liberdade para a criança dizer quando não entendeu ou não escutou o que lhe foi dito, sem que ela se sinta envergonhada;

– integrar a criança ao grande grupo, fazendo com que os colegas compreendam os motivos pelos quais ela não fala ou não escuta normalmente.

A partir da Lei 10436, o governo Brasileiro reconhece Libras, como língua, e os surdos tem o direito que nas Instituições Educacionais as aulas sejam ministradas em Libras, pelo menos com a presença de um intérprete.

Sinais e Sintomas

É importante prestar atenção e desconfiar de algo estranho quando:

As crianças falam alto demais; fazem otites de repetição; escutam a televisão em volume aumentado; apresentam dificuldades escolares; são desatentas, distraídas, agitadas; possuem trocas ou distorções na fala; apresentam dificuldades na pronúncia das palavras, tiveram atraso no desenvolvimento de linguagem; são portadoras de síndromes e doenças degenerativas; se queixam de ouvido “tampado”, zumbido, dor de ouvido; se incomodam com o som alto; apresentam dificuldades de socialização e de problemas afetivos; aparentam preguiça ou desânimo, usam palavras inadequadas e erradas, quando comparadas às palavras usadas por outras crianças da mesma idade, se a criança atende quando é chamada, se inclina a cabeça procurando ouvir melhor, não se interessa pelas atividades ou jogos em grupos, é retraída, desconfiada ou envergonhada, solicita  que o professor repita várias vezes à mesma coisa.

Uma conversa entre professor e pais pode ajudar muito. Muitas vezes, é o professor quem alerta os pais sobre o comportamento auditivo da criança.

Medidas simples

A professora pode bater palmas próximo ao ouvido da criança, sem que ela veja; falar baixo o nome do aluno a e observar se ele atende, utilizar instrumentos sonoros em sala de aula, bater fortemente na mesa, no quadro, na porta e avaliar a reação do aluno. São medidas simples, mas que podem dar uma base para os professores sobre possíveis problemas auditivos de seus alunos.

Aline Berghetti – Fonoaudióloga e Psicopedagoga

@alineberghetti

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
28 jul
Psicoembriologia. Conversando com o bebê

IMG_2522É normal toda mulher quando se vê grávida se pegar conversando com a barriga, será que as futuras mamães já pararam para pensar na possibilidade que seus bebês estão realmente escutando, entendendo e desenvolvendo psiquicamente através do que lhe é ouvido?
Existe uma técnica chamada Psicoembriologia que foi criada pelo professor e psicanalista Wilson Ribeiro por volta de 1960, que tem o objetivo de “explicar” as emoções da mamãe para o bebê, afinal a mãe entende o que sente e o porque sente, o feto ainda não..Ele está aprendendo tudo!

Psicoembriologia faz o acompanhamento psiquici do feto, ensina a mãe a expressar seus sentimentos para o bebê,  há também um tratamento psicológico da mãe durante todo o processo gestacional. O pai também pode participar do tratamento, o que é ótimo para a família no geral.

Os atendimentos podem ser feitos no consultório do profissional ou até mesmo via vídeo conferência (Skype, por exemplo). Durante o processo são aplicadas as técnicas de visualização criativa para relaxamento e contato com o bebê. Porém, além das técnicas aplicadas pelo profissional, você mamãe, pode e deve conversar diariamente com o seu filho desde quando descobrir queo coração dele bate junto ao seu.
Explicar as emoções é muito importante para o desenvolvimento e segurança do bebê.

As escolhas de todos nós vêm do que nos foi apresentado, e através da fala, podemos apresentar tudo de melhor que esse indivíduo pode vir a ser. Para isso não é necessário aplicar nenhuma técnica, basta você falar com o seu bebê e ele poderá fazer as suas próprias escolhas.

A criança psicoembriolizada torna-se entendedora do seu mundo interior e também do mundo exterior. Será uma criança mais segura de si e no futuro um adulto consciente.

Eu tenho um vídeo no qual explico melhor a técnica na prática, caso tenha interesse deixarei o link:
https://www.youtube.com/watch?v=ylo3WwMttHE

Um beijo da Mandi

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
14 jul
Enxoval do Baby Caio. A lista está quase acabando

image

 

Finalmente estou quase terminando tudo gente! Agora só falta alguns detalhes e o resto das roupinhas.

Essas comprinhas fiz com a Ju que já falei aqui no post da babá eletrônica @juluz_importados.

Pra quem gosta de vídeos das comprinhas do Baby Caio hoje a noite estarei realizando um periscope mostrando tudo pra vocês (item por item) e foram muitos né? Mas todos bem úteis.

Tem mustela, Destin, protetor de bebe confronto, lencinhos para chupetas e os primeiros dentinhos e outras coisinhas mais.

Quem quiser saber o contato dela segue aqui embaixo e fica a dica pra vocês. E quem não tem Cartão internacional pode adiquirir o gift Card e comprar em qualquer site americano.

📬 juluzimportados@gmail.com

📲+12035183435 (com o sinal de +)

Beijos e espero vocês hoje a noite.

 

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
08 jul
Massinha de Modelar Caseira.

 

Férias!

E nem sempre rola aquele passeio né verdade? Que tal aprender a fazer uma massinha super fácil e com a ajuda deles?

Segue o Vídeo lá do Canal da Turma pra vocês assistirem e depois me conta aqui o que achou.

Receitinha da Massinha:

* Amido de milho

* Hidratante de cabelo

* Corante ou gelatina de cor para colorir

Não falei lá no vídeo, mas vocês também podem utilizar hidratante no lugar do condicionador ok?

Beijos

Tia Mari 🙂

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
30 jun
Cuidados com o cabelo na gestação.

IMG_3914

Oi gente!

Não sei com vocês, mas no começo da minha gravidez meu cabelo ficou uma palha. Tão seco que nem parecia o meu cabelo. Lembro que na gravidez de Davi amava meu cabelo, pois ele ficou lindo, super liso e bem sedoso.

Com o decorrer dos meses, os hormônios foram se ajeitando e o cabelo voltando ao normal. Hoje ele não cai (o que me deixa feliz) está mais bonito, mas não como na minha primeira gestação.

Li em alguns artigos que é bem comum a perda Natural do cabelo diminuir, mas que nem com todas as gravidas isso ocorre.

“Na gravidez, crescem os níveis do hormônio estrogênio, o que prolonga a fase de crescimento dos fios. Assim, o cabelo cai menos, e as mechas ficam mais volumosas. Algumas mulheres também notam que os cabelos ficam mais brilhantes na gravidez, ou que mudam de jeito (ficam mais lisos ou mais crespos)”.

 

Como cada gestação é única, então não há regras. Pode ser que no primeiro filho o cabelo fique lindo e sedoso e já no segundo todo ressacado, assim como sua pele também. E também pode ser que nem mude e fique tudo do mesmo jeitinho.

Por aqui optei em continuar usando meu shampoo da Kérastase e investi em hidratação pelo menos de 15/15 dias.

Como frequento o salão toda semana nos dias que não hidrato, faço uma lavagem especial o que já ajuda muito.

Também não escovo ou seco todos os dias para evitar a oleosidade e deixo que aquela  escovinha seja feita no final de semana que é quando saímos mais né?

Após o banho também gosto de usar um óleo chamado Oil Miracle que diminui aquele famoso “cabelo de Elba” e não deixa as pontas secas, mas nada de exagero ou seu cabelo fica bem oleoso.

IMG_3919

1) Shampoo Kérastase Cristal Liste: Ótimo para quem tem cabelos finos, com raiz oleosa e pontas mais secas.

2) Oil Miracle da Schwarzkopf: Proporciona efeitos extra nutritivo e anti- frizz.

Você pode continuar utilizando seus produtos normalmente, mas se estiver usando algo manipulado converse com a sua médica.

Agora já começo a pensar no pós parto, pois depois que o bebê nasce, é muito frequente que o cabelo da mulher caia muito. E como sofri muito com isso após o parto do Davi já vou conversar com minha dermatologista para vermos o que poderei fazer assim que o Caio nascer.

E com vocês como foi ou como está sendo os cuidados com o cabelo na gravidez?

Beijos Tia Mari 😉

 * Não deixem de nos acompanhar no insta da @turmadatiamari e no nosso Canal da Turma

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
29 jun
Festa Peppa Pig e SnapVlog no domingão.

E ontem minha GordeLicia fez 2 aninhos gente  e minha irmã fez a festinha dela toda em feltro e eu achei o máximo. Também adorei o tema né? E minha filha Peppa gigante foi junto participar.

Resolvi mostrar um pouco pra vocês e lá no insta dela @barbaraliraatelie tem mais detalhes. Passa lá também.

image

Aproveitei também para gravar alguns Snaps do nosso dia e resolvi lançar tudo no nosso Canal da Turma passa por lá, assistam, se inscrevam e espero vocês no insta da @turmadatiamari 🙂

As fotos foram feitas por Tia Rafah Camara – Insta @rafahcamara

Beijos Tia Mari

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
26 jun
Niver do Trololo.

image1-3

 

E essa festa foi tão esperada que vocês nem imaginam. Resolvi tudo de ultima hora, pois estava sem querer fazer, mas o Trololo me convenceu com o seu jeitinho carinhoso e sua vontade imensa de uma festa do D.P.A.

 

Vocês já sabem do meu amor por Kiara né? Ela que fez o Chá revelação do Baby Caio, fez a festa de Davi e já está pensando na maternidade e nas comemorações de todos os meses do meu bebê.

 

O melhor de tudo é você dizer o tema e ela realizar seu sonho e do seu filho. Também gosto da praticidade de ter as indicações dos profissionais certos para o sucesso da festa.

 

A decoração foi toda por conta de Kiara e as mobílias da Meublespartie

 

 

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone